Operação “Digitalauto” resulta em 26 processos-crime por contrafação e uso ilegal de marca.

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) realizou uma operação de fiscalização, nas oficinas de reparação, que levou à apreensão de 28 aparelhos de diagnóstico automóvel, 13 computadores e de diversos softwares. Em comunicado, a entidade esclareceu que este foi o culminar de uma operação, denominada “Digitalauto”, que decorreu ao longo dos últimos dois meses e que teve como alvo equipamentos “utilizados em oficinas de reparação de automóveis para detenção de avarias, através de programas informáticos específicos”.

Toyota Techstream clone
Ferramenta de diagnóstico Toyota Techstream, um clone utilizado para as viaturas Toyota e Lexus.

Realizada em todo o território nacional através da Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal, a operação contemplou a fiscalização de 26 operadores económicos. Na sua sequência, foram instaurados 26 processos-crime “por contrafação e uso ilegal de marca, usurpação de direitos de autor e reprodução ilegítima de programas protegidos”. A ASAE faz ainda saber que continuará a promover ações dirigidas ao setor da manutenção e reparação automóvel, com vista a salvaguardar a livre concorrência e a proteção dos direitos de autor e da marca.

Artigo Turbo: https://issuu.com/turbooficina/docs/turbo_oficina_049/38?e=4699891/36344666

 

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments