Reprogramação – Quais os riscos ?

Reprogramação – Quais os riscos ?

Reprogramação de ECU´s
A reprogramação de centralinas é um assunto que dá sempre pano para mangas, seja pelos resultados alcançados, pelas diferenças entre os diferentes "reprogramadores", seja pelos mitos que acompanham esta área ou simplesmente pelo desconhecimento em geral acerca deste assunto. Hoje ao "surfar" pela web deparei-me com este artigo antigo que esclarece o que é uma reprogramação: [caption id="attachment_2536" align="aligncenter" width="450"] "Reprogramação, um risco para o seu automóvel?" - www.motorespt.com[/caption] Está tudo muito bem descrito, e não fosse o motorespt.com um site sobre noticias automóvel, eu iria dizer que estão a tentar vender reprogramações, senão vejamos: A reprogramação de uma centralina de um carro não é nada mais nada menos do que isso mesmo, optimizar os recursos disponíveis de um motor de um carro sem por em causa a fiabilidade do mesmo.…
Read More
The Magic of ECU Tuning – /ENGINEERED

The Magic of ECU Tuning – /ENGINEERED

Artigos Técnicos
Não queria considerar este pequeno vídeo como sendo um artigo técnico mas a verdade é que explica, de forma sucinta e clara, aquilo que é reprogramar uma centralina e qual o objectivo em faze-lo. Por vezes são-nos injectados textos, páginas, livros e bíblias de informação, um sem fim de termos técnicos e de efeitos xpto, todo um monte de artefactos que justifica a necessidade de afinar ou calibrar uma ecu, e por fim, de tanta confusão, esquecemos-nos do mais elementar e mais básico que existe. E por isso, vamos voltar à estaca zero..:   https://www.youtube.com/watch?v=6bkDKqoGSdU   Espero que tenham gostado!  
Read More
Onde está a porta OBD ?!

Onde está a porta OBD ?!

Artigos Técnicos
 [caption id="" align="alignleft" width="320"] Toyota 4A-GE com dois carburadores Weber[/caption] Um motor de combustão interna que funcione sobre o ciclo Otto (vulgo...motor a gasolina) necessita de duas coisas muito simples para funcionar, uma mistura (ar/combustível) e de uma fonte de ignição (faísca produzida pelas velas), apenas temos que garantir que isto acontece no tempo certo. A produção de potência num motor do ciclo Otto está directamente ligada à quantidade de ar que este consegue comprimir, e por isso as alterações feitas num motor, que resultam em aumentos expressivos de potência, vão sempre de encontro a um aumento da quantidade de ar nos cilindros. Melhoramentos no sistema de admissão de ar, alteração da duração e perfil de abertura das válvulas, aumento da saída de gases de escape, entre muitas outras alterações…
Read More